04 de agosto de 2020

Colóquio “Como a APS está enfrentando a pandemia de Covid-19 no Brasil?”


O colóquio “Como a APS está enfrentando a pandemia de Covid-19 no Brasil?” será realizado nesta terça-feira (4), às 15h. No evento serão apresentados os resultados da pesquisa “Desafios da Atenção Básica no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no SUS”. Por meio de quuestionário online, a iniciativa buscou identificar os principais constrangimentos e as estratégias de reorganização da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) utilizadas pelas equipes de APS/AB no enfrentamento da Covid-19 nos municípios brasileiros. A atividade integra a programação da Ágora Abrasco e será transmitida pelo canal da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

 

A pesquisa foi coordenada por professores da Universidade de São Paulo (USP), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Federal de Pelotas (UFPel) a partir da iniciativa da Rede de Pesquisa em Atenção Primária da Abrasco, com o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). O estudo contou com 2.566 participantes – 1.908 profissionais de saúde dos serviços de APS e 658 gestores das secretarias municipais de saúde brasileiras.

 

Programação do colóquio:

 

Abertura: Gulnar Azevedo e Silva (presidente da Abrasco)
Apresentação dos resultados da pesquisa “Desafios da Atenção Básica no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no SUS”: Aylene Bousquat (FSP/USP)
Debatedores: Maria José Evangelista (Conass), Cristiane Pantaleão ( Conasems)e Mónica Padilla (OPAS)
Comentários: Luiz Augusto Facchini (UFPel), Luis Eugênio de Souza (ISC/UFBA), Ana Luiza Viana (FMUSP), Oswaldo Tanaka (FSP/USP), Gonzalo Vecina (FSP/USP)
Coordenação: Lígia Giovanella (ENSP/Fiocruz e Rede de Pesquisa em APS)

 

Data: 04 de agosto de 2020
Horário: 15h
Transmissão online: TV Abrasco




Instituto de Saúde Coletiva • Universidade Federal da Bahia • Rua Basílio da Gama, s/n • Campus Universitário do Canela • 40.110-040 • Salvador-Bahia • +55 71 3283-7441 / 3283-7442
© 2020 Observatório de Análise Política em Saúde. Todos os direitos reservados.